Menu

Categorias











Testamento
19Mai2012 02:40:00
Publicado por:
imagem: google
 

Sei que não sou nada
e nem procuro ser.
Só faço viver
e seguir minha estrada.
 
Não procuro ter
o que não posso levar.
Ter o suficiente pra viver
é o meu lema.
 
Minha fortuna está nos poemas
que eu vou deixar,
para quem quiser ?investigar?.
 
Posso morrer sem ser nada
porque fiz minha caminha
tentando me encontrar.

 
AJ Cardiais



Partilhar:

Artigos Relacionados
Levando No Grito
Artesão De Ideias
Obrigado Poeta
Amor Parado No Tempo
Despido De Futilidade
Um Péssimo Otimísmo
Poema Agreste


Para poder comentar necessita de iniciar sessào.