Menu

Categorias











Sensações Poéticas
03Nov2012 15:40:36
Publicado por:

 

      

Tudo em mim fervilha poesia...

Tudo em mim centelha poesia:

É o vento que me açoita

ou a caricia,

a luz da noite, a luz do dia,

os sons da urbe et orbi.

 

Tudo em mim cheira poesia:

Roupas nos varais,

Ave Maria,

”galos, noites e quintais”... (Belchior)

 

E se for falar

onde está a poesia,

eu varo a noite, varo o dia

e talvez não mostre nada...

 

Mas sempre existe a sua luz

em cada estrada.

 

AJ Cardiais

imagem: google



Partilhar:

Artigos Relacionados
Levando No Grito
Artesão De Ideias
Obrigado Poeta
Amor Parado No Tempo
Despido De Futilidade
Um Péssimo Otimísmo
Poema Agreste


Para poder comentar necessita de iniciar sessào.