Menu

Categorias











Aprisionando ideias
21Nov2018 17:19:43
Publicado por: AJ Cardiais

 

Um poema não tem tamanho.
Eu, quando me assanho,
deixo vagar palavras ao léu...
Depois, tiro o chapéu,
para quem consegue ver
o que eu não vi,
dentro do poema.
 
Um poema, às vezes,
só contém palavras em vão.
São palpitações malditas.
São desilusões escritas,
cuspidas pelo coração.
 
Não busque um sentido,
onde não há sentido...
Nem fique comovido
com minha sinceridade.
 
Um poema, na verdade,
só quer desconstruir os conceitos,
e deixar tudo de um jeito
que formem novas ideias.
 
A.J. Cardiais
11.10.2018


Partilhar:

Artigos Relacionados
Levando No Grito
Artesão De Ideias
Obrigado Poeta
Amor Parado No Tempo
Despido De Futilidade
Um Péssimo Otimísmo
Poema Agreste


Para poder comentar necessita de iniciar sessào.